Arquivo do mês: dezembro 2012

Kellemes Karácsonyt kívánok!* / Feliz Natal

Kedves /kédvesh/ amigos e visitantes do HungriaMania,
Como os mais antigos por aqui notaram, estive praticamente ausente do blog boa parte deste ano. Um misto de a vida me levando por outros caminhos e distrações, dificuldade pessoais e de trabalho, falta de dinheiro (daí para a falta de ânimo e concentração é um ‘pulo’, risos), tudo contribuiu um pouco.

Isso causou um hiato temporário na minha dedicação pelas coisas que alimentam o blog: cultura, língua, história e literatura húngaras.

Me alegra dizer, no entanto, que recentemente houve já um ‘retorno’ a esses interesses, sobretudo via leitura dos deliciosos episódios do ‘romance’ Kornél Esti (nome na ordem ‘estrangeira’), de Kosztolányi Dezső, que saiu em 2011 pela New Directions, de Nova York.

Sobre Kosztolányi, autor fundamental da literatura do século XX eu já cometi mais de um post, inclusive ESTE, justamente sobre Esti Kornél.

Antes havia tratado (e traduzido um poema) dele também AQUI.

Fora isso, uma amiga que esteve na Hungria em outubro me fez a enorme gentileza de trazer dois números da excelente Hungarian Quarterly, inclusive ESTE, que, entre outras jóias, contém uma reveladora entrevista do escritor Krasznahorkai László, de quem o cineasta Tarr Béla adaptou várias obras em estreita parceria, como Kárhozat (Danação), Sátántangó (Tango de Satã), ‘cult movie’ com 7 horas de duração, Werckmeister harmóniák (Harmonias Werckmeister), e A Torinói Ló (O cavalo de Turim). Além da entrevista, a HQ traz também um trecho de Sátántangó traduzido para o inglês pelo poeta George Szirtes.

Outro dia me peguei até escutando velhas lições do Magyarul könnyén (Hongrois sens peine) da Assimil durante uma caminhada.

Ou seja, pode ser que 2013 me traga de volta aqui com mais frequência. Algumas idéias já estão fermentando…

Enquanto isso fica o meu abraço e votos de Kellemes Karácsonyt és boldog új évet, que, para os que não conhecem o magiar, significa: Agradável Natal e Feliz Ano Novo. A pronúncia é /kél-lemesh kórááchoint êêsh boldog úi êêvét/

No título está uma expressão mais ‘completa’ para o Natal: Kellemes (agradável) Karácsonyt (Natal) kívánok (desejo). A palavra para Natal, karácsony, está acrescida do ‘t’ por estar na forma acusativa, de objeto direto do verbo desejar.

Até breve (espero).

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized